Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

UMA PEQUENA BIOGRAFIA SOBRE RICHARD WAGNER







Como outros grandes compositores da Alemanha, tais como Johannes Brahms, Robert Shumann, Johann Sebastian Bach entre outros, um que teve grande destaque foi Richard Wagner.

Seu nome completo era Wilhelm Richard Wagner, nascido em 22 de maio de 1813 na cidade alemã de Leipzig e falecido em 13 de fevereiro de 1883 aos 69 anos em Veneza (Itália). Foi um influente compositor da música erudita, maestro, teórico musical, ensaísta e poeta.

Cresceu em ambiente artístico, mas não musical, ele se sentia muito atraído pelo ambiente do teatro, e desde cedo foi notado seu talento musical. Estudou em uma escola religiosa em Dresden em 1822, e teve aulas de piano com certo Humann em 1825.

Em 1827 conheceu uma orquestra chamada Gewandhaus, onde teve contato com a música de Beethoven, foi quando começou a compor mais seriamente, suas obras de gênero romantismo influenciaram a música ocidental.

Paralelamente à sua carreira artística, era um ativista político fervoroso e anti-semita declarado, pois combatia o judaísmo moderno, além de ter a simpatia de Hitler. Tinha um ideal anarquista e permaneceu exilado da Alemanha de 1849 a 1860.
Sua obra foi imensa e de grande contribuição para os apreciadores da cultura em geral, pois influenciou a literatura e a filosofia, nas óperas foi o pioneiro em fazer mudanças em apresentações e foi considerado gênio por grandes nomes da época.




Dentre sua vasta obra podemos citar, as óperas que tiveram grande expressão no mundo todo:

  • Die Hochezeit (O Casamento) inacabada;
  • Die Feen (As Fadas) 1833-1834;
  • Das Liebesverbot (Amor Proibido) 1835-1836;
  • Rienzi – 1838-1840;
  • Der fiegende Hollander (O Holandês Voador);
  • Le Vaisseau Fantomen (O Navio Fantasma)1840-1841;
  •  Tannhauser (1843), Lohengrin (1846-1848);
  • Tristan und Isold (Tristão e Isolda) 1857-1859;
  • Die Meistersing von Nurnberg (Os mestres cantores de Nurenbergue) 1862-1867;
  • Der Ring des Nibelungen (O Anel de Nibelungo) – esta é uma tetralogia composta de 04 óperas que se baseiam na mitologia da Alemanha:
1ª: Das Rheingold (O Ouro do Reno),
 2ª: Die Walkure (As Valquírias),       
3ª: Siegfried e a 4ª: Gotterdammerung (Crepúsculo dos Deuses). 

O Anel dos Nibelungos levou 26 anos para ser escrito.
A tetralogia segue os moldes do teatro grego, onde eram apresentadas três tragédias e uma sátira. A história do Anel foi concebida através dos mitos germânicos e escandinavos, onde há muitos deuses, gigantes, donzelas, dragões, valquírias (moças-guerreiras),e inicia-se com o forjamento de um anel mágico pelo Nibelungo(equivalente a anão ou elfos).

Paralelamente, Wagner acrescentou o tema da luta pelo amor em associação à natureza e liberdade.

Wagner com certeza usava suas obras como forma de expressar suas emoções e estados emocionais, e o drama em especial representava isso muito bem. Suas obras deixaram heranças de uma nova técnica de composição, o que se podem ver na atualidade e só nos resta apreciarmos suas obras e nos enriquecermos culturalmente.



Fontes de pesquisa:



Crédito das imagens:


Nenhum comentário:

Postar um comentário