Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 13 de junho de 2014

A BEBIDA ALCOÓLICA E SEU CORPO


   O ÁLCOOL ESTÁ NA MESA DO SER HUMANO HÁ MUITO TEMPO, E DESDE SUA ENTRADA NA DIETA DO HOMEM, É SABIDO QUE SEU CONSUMO EXAGERADO NÃO É SAUDÁVEL. O USO EXCESSIVO E DE LONGA DATA DO ÁLCOOL PODE GERAR PROBLEMAS EM MUITAS PARTES DO CORPO.







  EXISTEM AÇÕES DO ÁLCOOL NO CORPO HUMANO A CURTO E LONGO PRAZO. DESDE A ENTRADA DO ÁLCOOL PELA BOCA JÁ COMEÇAM SUAS AÇÕES. NO REVESTIMENTO DA BOCA E GARGANTA OCORRE POUCA ABSORÇÃO DO ÁLCOOL PARA A CORRENTE SANGUÍNEA, MAS SUA OUTRA AÇÃO É ENFRAQUECER A PAREDE DAS CÉLULAS DO REVESTIMENTO DA BOCA E GARGANTA, DEIXANDO SUAS CÉLULAS MAIS SUSCEPTÍVEIS A AÇÕES DE AGENTES TÓXICOS COMO AS CONTIDAS NO CIGARRO, O QUE JUSTIFICA OS CASOS DE CÂNCER DE BOCA E GARGANTA SEREM MUITO MAIORES ENTRE FUMANTES QUE BEBEM. POR SI SÓ O ÁLCOOL JÁ É AGRESSIVO (ARDE AO SER INGERIDO, NE?) E PODE, SOZINHO SER AGENTE CAUSADOR DE CÂNCER.

  PASSANDO PELO ESÔFAGO E ESTÔMAGO, AGE COMO IRRITANTE DESSAS ESTRUTURAS, PIORANDO DOENÇAS JÁ EXISTENTES E PROPICIANDO DORES,NÁUSEAS E VÔMITOS. CHEGANDO AO INTESTINO DELGADO, É MACIÇAMENTE ABSORVIDO, E EM QUANTIDADES MAIORES PODE SER CAUSA DE DIARRÉIAS E IRRITAÇÕES DE SUA PAREDE. ENTRANDO NA CORRENTE SANGUÍNEA,SEGUE PARA O FÍGADO, QUE SERVE COMO UMA USINA PROCESSADORA DO ÁLCOOL, QUEBRANDO-O E TRANSFORMANDO-O EM OUTRAS SUBSTÂNCIAS USADAS COMO FONTE DE ENERGIA (NORMALMENTE GORDURA). AQUI COMEÇAM PROBLEMAS MAIS GRAVES: OS PRODUTOS DA QUEBRA DO ÁLCOOL SÃO TÓXICOS E, EM GRANDES QUANTIDADES, PODEM GERAR QUADROS DE HEPATITES GRAVES (HEPATITE ALCOÓLICA). O ÁLCOOL NÃO METABOLIZADO NO FÍGADO CORRE PARA O CORAÇÃO. NO CORAÇÃO O ÁLCOOL PODE CAUSAR MAU FUNCIONAMENTO DE SUAS FIBRAS MUSCULARES E MESMO SUA DESTRUIÇÃO.
O CORAÇÃO DISTRIBUI O ÁLCOOL PELO RESTO DO CORPO ATRAVÉS DA CORRENTE SANGUÍNEA.

  AS ALTERAÇÕES MAIS EVIDENTES, EM CURTO PRAZO, SÃO AS CAUSADAS NO CÉREBRO, A FAMOSA EMBRIAGUEZ.
O ÁLCOOL TEM AÇÃO INIBITÓRIA SOBRE AS FUNÇÕES CEREBRAIS E NEUROLÓGICAS EM GERAL. MAS PODE-SE PERGUNTAR, PORQUE A PESSOA FICA AGITADA SE O ÁLCOOL INIBE. ISSO OCORRE PORQUE O ÁLCOOL INIBE CENTROS QUE GERAM INIBIÇÃO DE FALA, MOVIMENTOS, E DOS LIMITES SOCIAIS E PSICOLÓGICOS, A PESSOA FICA AGITADA, FALANTE, PERDE MEDOS, VERGONHA E PUDORES.

  OCORRE TAMBÉM DIMINUIÇÃO DA PRODUÇÃO DO HORMÔNIO QUE DIMINUI A PRODUÇÃO DE URINA CHAMADO HORMÔNIO ANTI-DIURÉTICO. POR ISSO OCORRE AUMENTO DA PRODUÇÃO DE URINA. A AÇÃO MUSCULAR TAMBÉM FICA ALTERADA, PODENDO HAVER LESÃO DE CÉLULAS MUSCULARES.

  A LONGO PRAZO, COM DOSES ALTAS OU REPETITIVAS DE ÁLCOOL, DÉFICITS NUTRICIONAIS, LESÕES MAIS SEVERAS CEREBRAIS, CARDÍACAS, MUSCULARES, RENAIS E HEPÁTICAS PODEM APARECER, PODENDO CAUSAR PRIVAÇÕES E SOFRIMENTOS IMPORTANTES NO COTIDIANO DO USUÁRIO DE ÁLCOOL.

  O ÁLCOOL É ELIMINADO DA CORRENTE SANGUÍNEA PELO FÍGADO NA VELOCIDADE DE 14 mg (0,0014 g)/HORA, EXISTE POUCA VARIAÇÃO NESSA VELOCIDADE, NÃO EXISTEM AÇÕES QUE ACELEREM ESSA AÇÃO. POR ISSO,DEPOIS DO ÁLCOOL ENTRAR NA CORRENTE SANGUÍNEA, O QUE RESTA É ESPERAR PARA QUE ELE SEJA ELIMINADO.

  PODE-SE CALCULAR A QUANTIDADE DE ÁLCOOL NO SANGUE APÓS BEBER, FAZENDO A SEGUINTE CONTA:
  CONCENTRAÇÃO DE ÁLCOOL NO SANGUE EM g/L = [(% ÁLCOOL DA BEBIDA/100) X VOLUME INGERIDO EM 1X790]/[0,7XPESO EM Kg].

  UMA PESSOA QUE BEBA VODKA COM 38% DE ÁLCOOL, 0,1 L (= 100 mL), E TENHA 70 Kg DE PESO, TERÁ UMA DOSE DE ÁLCOOL NO SANGUE DE [(38/100)X0,1 X790]/[0,7X70] = 0,613, OU SEJA EM CADA LITRO DE SANGUE, HAVERÁ 0,613 GRAMAS DE ÁLCOOL. PARECE POUCO, MAS NÃO É. E NESTE CASO, SE ESSA PESSOA ESTIVESSE DIRIGINDO, E SOPRASSE UM BAFÔMETRO, ELA JÁ ESTARIA INFRINGINDO AS LEIS DO TRÂNSITO DO BRASIL.





  COM 0,3 GRAMAS DE ÁLCOOL DE ÁLCOOL EM 1 LITRO DE SANGUE, JÁ COMEÇAM OS EFEITOS NO CÉREBRO, COM SENSAÇÃO DE EUFORIA E EXCITAÇÃO. COM 0,5 GRAMA POR LITRO, OCORRE DIMINUIÇÃO DA COORDENAÇÃO MOTORA, E ALTERAÇÕES  DO HUMOR. COM 1 GRAMA POR LITRO, OCORRE FALTA DE CONCENTRAÇÃO, E PERDA DE EQUILÍBRIO. COM 2 GRAMAS POR LITRO, SURGEM VISÃO DUPLA, FALA ARRASTADA, NÁUSEAS E VÔMITOS. COM 3 GRAMAS POR LITRO, SURGEM SENSAÇÕES DE ANESTESIA, E FALHA NA MEMÓRIA. COM 4 GRAMAS POR LITRO, SURGEM OS RISCOS DE INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA, COMA E MORTE.

  EXISTEM SUSPEITAS DE QUE PEQUENAS DOSES DE ÁLCOOL POSSAM PROTEGER DA FORMAÇÃO DE ARTERIOSCLEROSE E DE AUMENTAR O COLESTEROL BOM, O HDL, MAS NÃO HÁ COMPROVAÇÕES TOTALMENTE CONCRETAS E O INCENTIVO DO USO DO ÁLCOOL, FRENTE A TODOS OS MALES QUE DELE PODEM ADVIR, NÃO DEVE SER REALIZADO.






 - DR. SÉRGIO NOBUO KONNO
GRADUAÇÃO E RESIDÊNCIA MÉDICA EM OTORRINOLARINGOLOGIA PELA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, INSTRUTOR DE PRIMEIROS-SOCORROS E SUPORTE BÁSICO DE VIDA



-  EXTRAÍDO DA A TRIBUNA SUDOESTE, EDIÇÃO 2281- ANO 44, PÁG. 04 - CAPÃO BONITO, 31 DE AGOSTO DE 2012



- CRÉDITO DAS IMAGENS:
http://areadeprojecto_educacaoparaoconsumo.blogs.sapo.pt/2010/05/07/


http://bioquimicadoalcool2010.blogspot.com.br/2010/08/cisa-campanha-alcool-ou-direcao.html 

Nenhum comentário:

Postar um comentário