Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 9 de fevereiro de 2013

ALFABETIZAÇÃO DIGITAL







Fala-se muito em alfabetização digital, mas na rede pública de ensino é pouco difundida, onde são poucas as escolas que se utilizam desse recurso. Acredito que faltam cobranças sociais nesse sentido, há interesse dos educadores, diretores e de pessoas envolvidas na prática educacional que lutam para esta realidade mude, pois a alfabetização digital é um ato social, e bem dirigido é uma ferramenta preciosa.

Utilizando-a adequadamente na grade escolar, o sentido de informação e comunicação, ganha um novo fôlego e onde o professor, aprende ao mesmo tempo em que os alunos.

É necessária a mediação do material com o científico, para se construir a rede de conhecimentos, pois só ir à escola não basta, precisa ensinar o aluno a selecionar as informações corretas, investigar.

Devemos perceber que as tecnologias são os meios, apoios, ferramentas para que os alunos aprendam, e a forma como se organizam em grupos, em salas de aulas e outros espaços, pois tudo isso também é tecnologia.

Utilizando os recursos de ensino como fonte de pesquisa, levaremos em conta as reais condições dos alunos, os recursos disponíveis e as instituições de ensino, ao mesmo tempo poderemos organizar as situações didáticas: data show, bibliotecas virtuais, internet, email, teleconferências, vídeos, etc.

Elaborando aulas que envolvam as mídias são bons recursos para valorizar o saber produzido e o novo saber: fotografar um parque ou ponto turístico, por exemplo, é da realidade do aluno, montando um fotoblog com informações e curiosidades, usando assim o projeto pedagógico, para englobar todos os envolvidos: família, professor, aluno e sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário