Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 9 de fevereiro de 2013

REFLEXÃO DE UM FUTURO PROFESSOR






UMA PEQUENA REFLEXÃO DE VALORES, ATITUDES E COMPORTAMENTOS  QUE UM FUTURO PROFESSOR DEVE TER EM MENTE PARA PROMOVER A TRANSFORMAÇÃO DE UMA REALIDADE SOCIAL E DESENVOLVER UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA RELACIONADA A AFETIVIDADE.






Para se ter uma realidade transformadora, o professor precisa trabalhar utilizando uma educação humanista e com uma abordagem centrada na pessoa completa, dotada de necessidades e desejos.

Obtendo a realização das suas necessidades ou desejos, o ser humano obtém a descoberta de sua auto-estima, autoconfiança e seu amadurecimento emocional.

Por que isso é tão importante? Porque o ser humano assume com isso, uma atitude de respeito, ao mesmo tempo, que seu crescimento evolui. Ao assumir uma atitude de cooperador, o professor proporciona ao aluno, seu desenvolvimento e aprendizagem, impulsionando a descobrir seu potencial de fazer, sentir, agir sobre seu próprio florescimento, pois cada um de nós é como uma semente pronta para o crescimento.






Um objetivo importante para pais e professores é o de ajudar os alunos a se conhecerem, se aceitarem e serem honestos consigo mesmos. Como educadores deveremos estar preparados para promover o crescimento de nossos alunos, sendo transparentes e oferecendo consideração, e ao mesmo tempo respeitar os defeitos e deficiências de cada um, é preciso ter uma total ausência de julgamento, para refletir nossos sentimentos.

Todo desenvolvimento é um processo de adaptação constante e o ser humano busca o equilíbrio.
Todo sistema educacional deve valorizar os aspectos emocionais, não apenas os intelectuais. Transformando o ambiente em um lugar que não iniba o crescimento do aluno é importantíssimo, pois o aluno é um agente no processo de desenvolvimento dentro de suas estruturas, onde as formas de perceber, comportar-se diante do mundo vão depender de toda a contribuição dada pelo educador.

A sua interação com o mundo social e físico dependerá de como ele vai elaborar e receber as mudanças que vão ocorrer decorrentes da sua ação recíproca com o meio.
A partir dessa ação é que o ser humano enfrentará a realidade social, tornando-se um cidadão íntegro e atuante.




“NÃO TENHO CAMINHO NOVO. O QUE TENHO DE NOVO É O JEITO DE CAMINHAR.”       (THIAGO DE MELLO)






CRÉDITO DAS IMAGENS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário