Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 9 de fevereiro de 2013

SEPARAÇÃO DE MISTURAS







Como estudamos nas aulas de Química, uma mistura é constituída de uma ou mais substâncias, podendo ser simples ou compostas. 

As misturas dividem-se em misturas homogêneas (que não podem ser vistas a olho nu, ou com auxílio de microscópios) ou
heterogêneas (possíveis serem vistas a olho nu).

Em nosso cotidiano, temos contato com diversas misturas, e, muitas vezes, precisamos separá-las, para isso, existem vários métodos, que torna isso possível, isolando as
substâncias.

Alguns métodos são o de peneiração, centrifugação, decantação, filtração, evaporação, separação magnética, sublimação e etc...Onde as suas aplicações são destinadas a uma mistura específica.

No meu ambiente de trabalho, nos deparamos com várias misturas, e utilizamos comumente o método de filtração, que é muito simples e consiste em separar um sólido  de um líquido, ou sólido de um gás., mesmo que o sólido se apresente em suspensão.


Usamos a filtração, para separar o estearato de zinco, em pó (sabão metálico), dissolvido em álcool etílico neutralizado (mistura homogênea), utilizando para isso , papel de filtro qualitativo, dobrado, em um funil simples, onde é montado sobre um outro recipiente para a captação da filtragem.

O sólido fica retido no papel, e o líquido no recipiente, onde será destinado a análises .






 CRÉDITO DA IMAGEM:





Nenhum comentário:

Postar um comentário